É possível realizar o casamento dos sonhos sem estourar o orçamento?

Esse é um grande dilema para a maioria dos casais e que se inicia logo no momento que decidem ficar noivos. São tantos pensamentos, desejos e expectativas criadas para esse momento único e especial que muitas vezes, ao cairmos na real, todos esses desejos são colocados em cheque e abafados pela crença de que é preciso ter muito dinheiro para se fazer o casamento ideal

Hoje em dia, é muito comum que os noivos invistam sozinhos para a realização do casamento, já que nem sempre é possível contar com a ajuda dos pais, sogros e pessoas queridas. Além disso, imagine ter que fazer tudo ao mesmo tempo:  casar, comprar um imóvel ou construir, trabalhar duro, terminar faculdade. Ah! Nessa hora, sempre vem aquela vontade de desistir, de achar que é “dar um passo maior que a perna” e assim, a tão esperada festa de casamento passa a ser algo inatingível. 

Como então tornar real e possível o Casamento Econômico dos Sonhos, sem que as limitações financeiras comecem a pesar e nos façam desistir? 

Existem muitas formas de conseguir realizar o casamento desejado e gastando pouco! Com um bom planejamento, força de vontade, criatividade, e muito amor (é claro!) você conseguirá fazer tudo isso acontecer como imaginou e ainda por cima caber no seu bolso! 

Separamos aqui algumas dicas com possibilidades e caminhos para que você faça o famoso Casamento “BBB” – Bom, Bonito e Barato! :

  1. Estipule um valor total máximo para gastar: faça um orçamento realista, mas também com uma certa “gordurinha” para que se possa adequar as escolhas conforme o orçamento planejado. 
  2. Comece a organizar o casamento com antecedência, pelo menos 1 a 2 anos antes! Programe-se para já ir pagando aos poucos e conseguir poupar! 
  3. Uma boa assessoria profissional é ideal para auxiliar nas melhores decisões: é um investimento que vale muito a pena, não só no dia do evento (fundamental), mas para a organização consciente! A assessora é a melhor pessoa para entender o perfil de vocês e direcioná-los para os melhores fornecedores. Assim, é possível conseguir ótimos preços, poupar tempo, dinheiro e não correr o risco de se “deslumbrar com algo fora das possibilidades”.
  4. Seja flexível na escolha da data para seu casamento! Escolher meses de baixa procura e dias da semana menos concorridos como as sextas-feiras, domingos, vésperas de feriado, é a melhor forma de obter bons descontos e preços incríveis! Quanto menor a procura, maior a flexibilidade dos fornecedores em negociar uma condição especial para os casais! 
  5. Cogite fazer a cerimônia no mesmo local da festa: você economiza com decoração, deslocamento, taxas de igreja e ainda faz uma cerimônia linda, do jeito que deseja, e muito emocionante! Você pode casar durante o dia, ao entardecer, com o pôr-do-sol e a natureza de cenário, uma forma de economizar com iluminação e decoração!
  6. Procure o espaço ideal para seu casamento não só pelo visual deslumbrante, mas sim pela estrutura que oferece! Não dá para correr riscos e deixar que imprevistos botem tudo a perder nesse dia! Todos querem se casar conforme o planejado, e não ter que mudar tudo de última hora e casar com o “Plano B”. 
  7. É fundamental que o local para o casamento tenha, no mínimo, instalações novas e com manutenções frequentes, gerador com capacidade suficiente para toda a demanda da festa, áreas externas com estruturas cobertas em caso de intempéries, estacionamento, equipe de suporte da casa durante todo o evento e alvarás em dia em caso de fiscalização! Todos esses itens garantem a segurança necessária para que seu evento seja perfeito e conforme o planejado! Quanto mais itens e serviços inclusos o espaço oferecer, menos gastos extras para vocês!
  8. Faça uma lista com os itens principais que compõe o casamento (buffet, decoração, música da festa, música cerimônia, foto, filmagem, e etc.) e escolha dentre esses, quais são os mais importantes, aqueles que você faz mais questão de ter, e que se lembrará no futuro. Da mesma forma, também escolha os itens que poderiam ser dispensáveis, que daria para abrir mão ou investir o mínimo necessário. Investir mais em uma coisa e economizar em outras, esse é o balanço ideal!
  9. Procure saber se haverá algum evento antes ou depois do seu dia! É possível entrar em acordo e dividir os custos dos fornecedores entre os casais! Imagine negociar com um mesmo decorador ou DJ para aproveitar alguma estrutura já montada? É uma forma de reduzir material, frete, mão de obra e economizar!
  10. Na hora de escolher o buffet, prefira os mais flexíveis, que tragam opções de cardápios menos elaborados, com ingredientes simples, tradicionais, e que agradam a todos.  Pense num estilo de festa menos formal e sirva um coquetel com finger foods ao invés de jantar, ou mesmo um estilo mais descontraído, personalizado, com opções simples que todo mundo adora: comidinhas de buteco, cardápio mineiro, tipos de massas e molhos diferentes que está super em alta! 
  11. Substitua itens caros por baratos na sua decoração. Você pode ter um casamento lindo nos estilos clássico, rústico, ou mais moderno, sem tantos lustres, espelhos, flores exóticas. Velas, luzes de led, tecidos, flores da época e materiais naturais podem dar um mesmo efeito no visual da sua cerimônia e festa! 
  12. Sabe o famoso “DIY – Faça você mesmo”? Peças de casa, restauradas, artesanatos, tudo é bem-vindo nessa ocasião. Conte com a ajuda dos amigos, familiares, padrinhos, e quem mais puder contribuir, para colocarem as mãos na massa! Eles vão adorar participar do casamento e fazer parte disso com muito amor! 
  13. Itens de desapego que se possa encontrar em perfeitas condições, utilizados uma única vez, como sapatos de noiva, vestidos, acessórios e até itens de decoração com preços bem legais, valem muito a pena!
  14. Lista de convidados enxuta: Selecionar os convidados não é uma tarefa fácil, já que o número de convidados implicará diretamente no gasto que você terá com a sua festa!  Até próximo do casamento, pessoas irão sair e entrar na sua lista várias vezes! Por isso, reflita sempre, e quantas vezes for necessário, sobre o grau de importância que cada um tem na vida do casal, se os que estão mais distantes virão mesmo assim, lembrar de contar com as crianças, enfim, tem que pensar em tudo isso. Não se sacrifique pela opinião alheia! Esse momento tem que ser compartilhado principalmente com as pessoas mais íntimas e especiais! 
  15. Músicos da cerimônia e da festa iguais: as empresas contam com equipe de profissionais de vários estilos e multi-instrumentistas, e, muitas delas, já oferecem serviços de som, iluminação e estrutura de pista de dança já inclusos! Reduza os gastos contratando menos profissionais!
  16. Convites e lista de presentes virtuais: atualmente, é cada vez mais comum receber um convite virtual para um evento, já que todo mundo está “on line” e conectado 24hs por dia! É mais fácil você ter no seu celular seus compromissos registrados do que se lembrar do convite no fundo da gaveta. Tem os familiares que ainda estão fora do mundo virtual, mas é a minoria, certo? E a lista virtual, além de ajudar financeiramente os noivos (os valores dos presentes recebidos em dinheiro ajudam muito mesmo!), permite que vocês montem o lar com aquilo que é prioridade (às vezes vocês já tem mobílias e certos itens para a casa) e é muito fácil e divertido de montar a lista gratuitamente em sites específicos disponíveis na internet.
  17. Dia da noiva: Tudo que é “para casamento” já é mais caro por natureza, ainda mais  quando se trata da produção da noiva! Muitas coisas podem (e devem) ser feitas um ou alguns dias antes, como por exemplo, unha, sobrancelha, depilação e limpeza de pele. Ter esses serviços mais básicos resolvidos no salão do bairro ou com o profissional de costume faz muita diferença no bolso! Dá para deixar apenas o cabelo e a maquiagem para fazer no dia, e mesmo, contratar só o cabeleireiro e o maquiador para te atender na sua casa ou no local onde você for se preparar, sem, necessariamente, contratar um “pacote de noivas” num salão. Lembrando que, isso é válido, desde que você conheça ou tenha indicação de bons profissionais! Não vá arriscar no dia mais importante da sua vida, em?

Essa é a nossa contribuição para que esse processo de organização seja apreciado por vocês e traga muito aprendizado, não só sobre as questões do casamento em sim, mas sobre cada um de vocês profundamente, de forma que se conheçam e se unam ainda mais, compartilhem as opiniões, se divirtam, se orgulhem e vibrem juntos! Cada lembrança e recordação desse dia mágico, preencherá o coração de vocês com muitos sentimentos positivos, alegria, orgulho, prazer, satisfação e realização! Vai deixar muita saudade!

Pajens e Damas – Tudo que você precisa saber!

Fala sério se não é uma das partes mais fofa do casamento, a entrada dos pajens e das daminhas? Eles não precisam nem se esforçarem muito, que já arrancam suspiros!

Obvio, não é obrigatório e nem mesmo essencial ter os pequenos na cerimônia, afinal tudo no casamento deve funcionar conforme o desejo e necessidade dos noivos.

Continue a leitura

Mini Wedding

Para o seu casamento ser categorizado como “mini wedding”, ele deve possuir até 100 convidados. Além desse detalhe, o que importa é ser um casamento mais intimista, muito aconchegante e proximidade entre todos os convidados.

Continue a leitura