Fala sério se não é uma das partes mais fofa do casamento, a entrada dos pajens e das daminhas? Eles não precisam nem se esforçarem muito, que já arrancam suspiros!

Obvio, não é obrigatório e nem mesmo essencial ter os pequenos na cerimônia, afinal tudo no casamento deve funcionar conforme o desejo e necessidade dos noivos.

Mas para os casais que optam por ter esse momento gracioso no casamento, nós vamos comentar sobre algumas dicas e cuidados que vocês podem ter. Afinal, crianças (ainda mais as pequeninas) , são uma caixinha de surpresas! Não é mesmo?  RS

Vamos começar…

– Qual a melhor idade ?

Reparem que eu coloquei ” melhor idade ” o que está ligado a uma SUGESTÃO, pois NÃO existe uma regra onde proíba colocar aquele sobrinho que você tanto ama de 2 ou 3 anos. A não ser que você se case em alguma Igreja, que proíba isso (Sim, existem algumas Igrejas que proíbem pajens e daminhas muito pequenos). Se esse não for o caso, você pode e DEVE coloca-lo, mas tenha sempre uma plano B caso a criança se assuste, trave, chore etc.

O que as cerimoniais indicam são crianças acima de 5 anos, pois menores do que isso normalmente costumam se assustar com a situação. Mas também existem casos onde crianças menores completaram totalmente o percurso.  Os motivos variam, ou por serem familiarizados com o casal, ou pelos os pais estarem lá na frente, ou ainda assim a criança está entrando com uma outra de idade maior onde lhe passa confiança… Existem muitas razões que ajudam nesse momento!

Ou seja, avalie e escolha… Siga seu coração! Pode ter certeza, mesmo que ocorra alguma imprevisto, o momento será muito gracioso e inesquecível para vocês. E o mais importante, a entrega das alianças será feita de qualquer forma, tendo o plano B na manga.

– Como e Quantos escolher ?

Antes de formalizar o convite, pense no local da cerimonia, se há ou não limite de crianças (normalmente esse tópico é somente com as Igrejas), mas para cerimônias em local aberto também deve ser levado em consideração o equilíbrio visual e estrutura do local.

E como escolher? Essa é fácil né! Escolher sempre crianças que tenham algum significado para os noivos. Podendo ser, sobrinhos, afilhados, irmãos caçulas… O que importa é ter vínculo com a criança, isso também é importante até para a criança. Acredite, é um momento muito feliz na vida deles o qual será eternamente lembrado.

– O que eles levam?

Pajen e daminha levando floresExistem mil opções de objetos a serem levados até o casal, além das alianças. As famosas plaquinhas, buquês de flores ou marshmallows, chave da casa do casal, Bíblia, balão… Use e abuse da criatividade!

Novamente, só veja se o local permite os objetos escolhidos. (Por exemplo, algumas igrejas não aprovam a entrada de balões.)

– E as roupas? Quem paga?

O que é muito importante nesse tópico, é sempre lembrar que eles são crianças, ou seja preocupe-se em procurar algo que combine com a idade deles e que seja confortável. Ao mesmo tempo combinando com o estilo do seu casamento.

As roupas das crianças, não devem ser idênticas a roupa da noiva e ou do noivo, pelo mesmo motivo citado acima. Eles não são adultos, e com certeza vão se sentir desconfortáveis usando algo que não é apropriado para eles. Eles podem combinar com vocês, mas sempre lembrando de trazer o conforto. O ideal é usar modelos leves e delicados, que tragam a imagem real deles.

Agora a parte delicada… Quem paga ??

Geralmente como são os noivos que convidam as crianças, são eles os responsáveis pelos custos dos trajes e todo o resto. Vamos dizer que seria de “bom tom”, assim que for feito o convite os noivos se oferecerem para custear as despesas.

Caso, os pais da criança tenha uma condição financeira boa e eles se ofereçam em ajudar, o que pode ser feito é deixar que eles ajudem com o custo do traje. Porem o que normalmente “manda” a etiqueta é que pelo menos as despesas com, buquê, cabelo, almofadinha e detalhes em geral sejam despesas do noivos. Ok?

Essas são algumas dicas importantes, que podemos dar a vocês. Agora pense, reflita e CAPRICHE NO CONVITE!

Sim, eles também merecem sua atenção ao convite. Afinal, será a parte da conquista de vocês com a criança… onde eles vão se apaixonar mais ainda por vocês! Escolha algo que eles amem, brinquedo, doces, para as meninas tiara … Use a criatividade!

E por fim, para finalizar segue uma curiosidade para vocês:

Você sabia que: O cortejo de damas e pajens em casamentos teve origem na Idade Média, quando as crianças vestiam suas melhores roupas para esperar a chegada da noiva na entrada da vila. Ao avistarem a carroça, colhiam flores, avisavam aos moradores sobre o início da cerimônia e corriam para a igreja. Na época, era costume crianças e convidados levarem os noivos ao altar. (Trecho retirado do livro “Casar – do Planejamento à Celebração em Grande Estilo”, Vera Simão)

 

Um beijo para vocês, e sejam felizes na suas escolhas!